Ololiuqui

Rivea corymbosa

Linda e delicada trepadeira, conhecida há milênios pelos mexicanos por seu uso em rituais sacros e medicinais.

R$ 4,50

de R$ 4,50 tax excl. a R$ 22,50 tax excl.

Calcular Custos de Envio

OLOLIUQUI / FLOR-DA-VIRGEM
Rivea corymbosa

A Rivea corymbosa, (sin. Turbina corymbosa), é uma trepadeira da família das Convolvulaceae (assim como a Argyreia nervosa) e nativa da América do Sul, em especial do México.

 

É conhecida por seu uso ritualístico dentro tribos mexicanas antigas, como os Nahuatl, que ingeriam as sementes em rituais espirituais de purificação e contato interior.

 

Além disso, a planta é usada também como ornamentação, devido as suas belas e pequeninas flores com um tom especial de branco com amarelo.  
________________________________________________________________________________
 
Rápido guia de cultivo

 

Germinação:

Para que as sementes germinem, primeiro você deve quebrar a dormência das sementes, e isso pode ser feito de duas formas:

1 - Deixe as sementes mergulhadas em água por 24 horas. Após este tempo, algumas sementes irão inchar, aumentar de volume. Isso significa que a dormência já foi quebrada e a planta já pode começar a ser cultivada. Pegue estas sementes que incharam, e deixe-as em algodão bem molhado até que soltem uma pequena raíz branca, e então passe para a terra, enterrando entre 0,5cm e 1cm. Caso as sementes permaneçam intactas, sem inchar, você terá que fazer o processo a seguir:

 

2 - Escarificação: Lixe ou faça um pequeno furo na casca das sementes com a ajuda de um alfinete ou semelhante (isso facilitará a quebra da dormência para as sementes que ainda estão dormentes), e coloque-as em algodão bem molhado até aparecer a pequena raíz branca e assim por diante. OBS.: o furo deve ser feito longe do "olho" da semente. É importante que no começo a planta fique em vaso, até que desenvolva algumas folhas e tenha força suficiente para ser transplantada ao local definitivo, que deve ser direto na terra.

 

 

Solo e local de cultivo:

1 - Por ser uma planta tropical, prefere solo rico em matéria orgânica, sempre úmido (não encharcado) e bem drenado.
2 - Prefere locais com muitas horas de sol direto, sol pleno. Pode também ser um local onde alterne entre sol e sombra, desde que, nos períodos de sombra, receba bastante luz indireta do sol.
3 - Deve ser plantada próxima a alguma superfície de apoio, pois é uma trepadeira. Muros, grades, alambrados ou até mesmo árvores mortas ou outras plantas são ideais, desde que tenham uma estrutura forte, pois a planta cresce muito e acaba forçando as estruturas onde estão apoiadas. Cuidado ao plantar próximo de árvores e outras plantas vivas, pois a trepadeira pode acabar sufocando e matando a outra planta.
4 - A Rivea corymbosa pode ser cultivada em vasos, porém ficará menor e mais frágil. Para uma planta vigorosa, recomenda-se plantar diretamente no solo e utilizar vasos somente nas primeiras semanas de vida da planta, até que ela se torne mais forte! Informações adicionais:
    •    Regar de 2 a 4 vezes por semana
    •    Ficar atento ao aparecimento de pragas e doenças. Por ser uma planta exótica (não-nativa), é susceptível à pragas e doenças, que se controladas desde o início, não apresentarão problemas para a planta.
    •    É uma planta no geral bem forte, não necessitando de muitos cuidados além de não deixar o solo secar.
    •    Alcança a maturidade por volta de 6 meses a 1 ano, e só a partir deste momento é que dará flores e, posteriormente, sementes.

FamíliaConvolvulaceae
Nomes comunsOloliuqui, Flor-da-virgem
OrigemMéxico
Dificuldade de germinaçãoFácil
Tempo de germinação7-15 dias
Taxa de germinaçãoAté 80%
Tempo de viabilidade da semente2 anos
Quantidade5, 10, 25 e 50 sementes
Dificuldade de cultivoFácil
Tamanho e FreteCarta Registrada (sementes de pequeno porte)

Faça uma avaliação

Faça uma avaliação

Produtos relacionados

Opções de Layout